Policial de São Bento do Sul perde a vida num trágico acidente com a família em Mato Grosso

0

Jovem de 22 anos dirigia o carro; os irmãos e a mãe estavam no banco de trás e ficaram feridos


Jovem de 22 anos dirigia o carro; os irmãos e a mãe estavam no banco de trás e ficaram feridos – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

No trágico acidente ocorrido na manhã desta quinta-feira (28) na BR-262, em Miranda, as vítimas foram identificadas como Hector Fagundes, de 50 anos, e sua filha, uma jovem de 22 anos. Segundo informações da Polícia Civil, o acidente resultou na morte imediata das duas vítimas, quando o veículo Volkswagen Tiguan em que estavam foi atingido por uma carreta.

A criança de 7 anos também está em estado grave, enquanto o bebê sofreu apenas uma fratura na perna e não corre risco de vida. Ambos estão internados no Hospital Regional Renato Albuquerque Filho, em Miranda, e no momento do acidente estavam devidamente utilizando cadeirinhas.

O delegado Daniel Francisco Mercado Dantas, responsável pela investigação do caso, afirmou que o acidente foi desencadeado pelo desrespeito à sinalização de pare por parte da filha do casal. As autoridades continuam apurando os detalhes do incidente para entender as circunstâncias que levaram a essa trágica perda e as consequências para a família envolvida. A esposa de Hector e as crianças enfrentam agora um longo processo de recuperação, enquanto a comunidade local lamenta a fatalidade que marcou a BR-262 nesta manhã.

Detalhes e Contexto Adicionais sobre o Trágico Acidente na BR-262 em Miranda

É importante ressaltar que o condutor da carreta foi submetido ao teste do bafômetro, e o resultado foi negativo, indicando que ele não estava sob efeito de álcool no momento do acidente. Após a colisão, a filha perdeu o controle da direção, resultando no veículo atingindo o guard-rail na contramão da rodovia.

A família, originária de São Bento do Sul, Santa Catarina, estava em Mato Grosso do Sul a passeio. Até o momento, não foi divulgado o destino específico da viagem.

O acidente ocorreu no trevo entre os municípios de Miranda e Corumbá. Após a colisão, pai e filha ficaram presos às ferragens, exigindo a intervenção do Corpo de Bombeiros para resgatá-los. As equipes de resgate foram acionadas poucos minutos após o horário da colisão, por volta das 7h da manhã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: